SOFIA

Lilypie - Personal pictureLilypie Kids Birthday tickers

sábado, 26 de abril de 2008

4ª SEMANA DE ABRIL

Este fim de semana a minha rapaziada veio visitar os avós estão o maximo como diz a vóvó.
Deram um festival andaram ás escondidas o ANDRE cada vez fala melhor o FILIPE esse cada vez esta mais traquina é uma maravilha vê-los, espero que tenham saúde e que continuem assim. Hoje vou deixar uma prenda para cada um feita por mim, espero que gostem e quero vos dizer que também há aqui trabalhito da VóVó.

domingo, 20 de abril de 2008

3ª SEMANA DE ABRIL

Esta semana a minha rapaziada não apareceu o tempo tambem não tem ajudado e os pais também tem que fazer. Por isso vou deixar aqui as pecinhas que estou a acabar , dado que tenho que começar a planear a Cascata de S. João. Hoje vai uma grande vassourada.

domingo, 13 de abril de 2008

2ª SEMANA DE ABRIL

Este fim de semana os meus "bandidinhos" vieram-me ver um no Sabado e outro no Domingo. O ANDRE continua a ser aquele mimalhão querido já sabe chamar o ainda não se esqueceu da lata das bolachas., correu a casa toda está um bebezão fantástico. Pegou no que quis. O FILIPE veio no Domingo e como já é de esperar vem cheio de gás lá tive que brincar com ele , mas vale a pena já diz tudo , enfim está um verdadeiro rapazinho. O FILIPE sempre que se vai embora diz ó VU posso levar, e então leva sempre um brinquedo, maravilha como gosta dos brinquedos feitos pelo Avô. Hoje vou deixar as fotos que tirei a eles e também o " Autocarro do Amor" que fiz este fim de semana.









domingo, 6 de abril de 2008

1ª SEMANA DE ABRIL

Este fim de semana só o FILIPE nos veio visitar porque o ANDRE está meio doentito. Mas aproveitando a oportunidade vou deixar uma passagem da vida do FILIPE contando uma verdadeira mas pequena historia que se passou e que me obrigou a pensar bastante nela ao ponto de expô-la aqui.
Antes vou dizer que o FILIPE me ajudou a lavar o carro, quer com a mangueira na mão quer com a esponja foi um regalo ver, a vontade de querer ajudar o VU, claro fez das suas.
Mas aqui vai a história, existe um cãozito na casa pegado muito dócil, muito mimalho que quase não ladra ,gosta que lhe façam festas e o FILIPE veio me dizer que estava ali um cão e eu fui me aproximando e disse-lhe que o bichinho não fazia mal. E então, ouvi-o dizer para o bicho porque estás triste não falas ( queria dizer ladras) e lá continuou a falar com ele perguntando umas tantas vezes por que estava triste. E isso mexeu comigo como uma criança da idade dele já consegue apreciar e ver num animal a tristeza dele. E ficaram as perguntas na minha cabeça , que maravilha que sensibilidade, que amor , que carinho como pode ser . Será que ele tambem saberá o que é estar triste, eu acho que sim e de certo que saberá outras coisas mais . Veremos os proximos episodios.